10 dicas para quem quer conhecer o Peru

Tem planos de conhecer o Peru? Aí vão 10 dicas valiosas!

1ª Dica – Planejamento

Existem várias formas de viajar e alguns simpatizantes gostam de não ter planejamento e seguir a “direção do vento”. Se você é um desses, já adianto que vai ter que ter muita despreocupação, pois o Peru, apesar de ser um destinos mais visados do mundo, não é a Europa em quesito de organização e eficiência em transportes.

Os ônibus, em sua maioria, não são confortáveis e nem sempre cumprem os horários à risca, sem falar que em sua maioria são daqueles que param onde o passageiro quiser, então pode contar uma viagem sem hora para acabar e se você tiver pouco tempo disponível, isso poderá comprometer em muito seus planos de conhecer os pontos que deseja.

WhatsApp Image 2018-05-15 at 16.27.40

Então recomendo que, pelo menos, seja feita uma organização dos meios de transporte e delimitação do tempo que tem disponível e deseja permanecer em cada cidade para evitar perrengues.

2ª Dica – Compra de passagem aérea para locais e estrangeiros

Quando fui pesquisar o preço das passagens internas do Peru, vi que o preço da passagem pela Avianca era quase metade do preço da LATAM, porém descobri que aquele valor inicial é apenas para a população peruana e que, na hora do embarque, havia que pagar uma diferença de taxa de quase 200 reais, então, no final saía mais cara que o normal.

Assim, quando for comprar a passagem interna, verifique se é a opção para passageiro local ou para estrangeiro.

WhatsApp Image 2018-05-15 at 16.27.34

3ª Dica – Viagem terrestre – atravessando a fronteira do Brasil ao Peru

Uma importante dica que não localizei quando fui viajar, é que o horário de funcionamento da fronteira terrestre do Brasil e Peru é das 7h às 19h.

Essa informação é fundamental para quem irá passar na fronteira durante o horário de funcionamento para declarar que está entrando e saindo do país, e caso não consiga passar dentro desse horário não conseguirá dar baixa e estará sujeito à multa diária e talvez nunca mais voltar ao país.

4ª Dica – Documentos válidos para entrar no País e fuso horário

Basta passaporte, com validade mínima de seis meses da data de saída do Brasil, ou Carteira de Identidade na versão original (não vale cópia autenticada) com menos de 10 anos de emissão.

Com relação ao fuso horário, o Peru está a duas horas a menos do horário de Brasília, podendo variar conforme o horário de verão.

 5ª Dica – Retirada da passagem do trem (Perurail)

O normal para o viajante é comprar a passagem de trem de forma antecipada, tanto para garantir um melhor preço, quanto para garantir sua ida a Machu Picchu, uma vez que os horários e o número de visitantes à Cidade Sagrada são limitados.

WhatsApp Image 2018-05-15 at 16.27.39

Dessa forma, uma maneira de tornar sua viagem mais tranquila e garantir uns minutos a mais de tranquilidade é retirar a passagem no Aeroporto de Cusco ou no centro da Cidade de Cuzco, uma vez que a maioria dos viajantes deixa para retirar o bilhete na própria estação de trem que possuem filas imensas, sendo que os horários dos trens não costumam atrasar como nos demais locais do País.

6ª Dica – Mochila para levar a Machu Picchu

Se for subir a Punta Montana de Machu Picchu leve o menor peso que conseguir, caso não seja possível, você pode alugar um armário por apenas 3 soles (valor de julho/2017) na entrada do parque.

7ª Dica – Bandeira do cartão de crédito

Dê preferência a levar cartão de crédito na bandeira VISA, pois tive problemas na aceitação do Mastercard, engraçado que em todas as viagens pelo mundo nunca vi isso, mas no Peru vi um pouco de dificuldade.

Como exemplo,  a necessidade do uso do cartão de crédito “VISA” para a compra dos ingressos da Visita à Machu Picchu pela internet.

8ª Dica – Casa de câmbio em Cusco

O ideal e mais seguro é realizar a troca da moeda no próprio aeroporto, apesar do câmbio geralmente não ser muito favorável.

Caso queira trocar dinheiro em Cusco, recomendo procurar as Casas de Câmbio e lojas que não fiquem na Plaza de Armas, pois são mais caras e que em uma quantidade maior de troca pode alcançar um valor significativo.

9ª Dica – Compra de passeios

Da mesma forma como descrito na Dica 7, os valores dos passeios são diferenciados, sendo o valor muito superior quando vendido nas Agências que ficam na Plaza de Armas, sendo mais fácil negociar e adquirir com um preço inferior nas ruas que ficam nas imediações da praça. Cabe lembrar que, muitas vezes, os passeios são os mesmos e você vai entrar no mesmo ônibus de turismo que as demais agências que cobram mais caro.

WhatsApp Image 2018-05-15 at 16.27.38

Assim, fica a dica de pesquisar bastante, para quem deseja poupar dinheiro.

10ª Dica – Mal de Altitude ou Soroche

A última dica, e talvez uma das mais valiosas, é sobre o mal de altitude, também conhecido como Soroche. As recomendações locais são para mastigar a folha ou tomar o chá de coca, você encontra facilmente no próprio aeroporto, nos hotéis e demais estabelecimentos comerciais.

Muito se engana quem pensa que a coca consumida dessa forma pode “dar onda” ou causar qualquer efeito alucinógeno, o máximo que ela faz é deixar a língua ligeiramente dormente.

Outra opção recomendada pelos locais é comprar nas farmácias locais um remédio para evitar o Mal da Montanha, se chama “Sorochi Pills” (composição: Ácido acetilisalicílico 325mg, Salófeno 160mg e Cafeína 15mg) que custou 15 soles (10 comprimidos) que era para tomar de 8h em 8h, segundo o farmacêutico (não sei se funcionou de verdade, mas tomei antes do voo e não senti nada).

De qualquer forma, o ideal é no primeiro dia descansar e não ingerir bebida alcoólica para dar tempo do seu corpo se acostumar naturalmente com a altitude. E não há um perfil para esse mal se manifestar, pois a pessoa pode ser magra, gorda, nova ou idosa, cada um reage de modo diferente, então, respeite seu corpo!

Que tal um roteiro personalizado_

Um comentário em “10 dicas para quem quer conhecer o Peru

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s